25 de junho de 2007

Memórias do nosso tempo (II)

Com um sabor fresco e intenso na boca de muitos, da geração de 70s e 80s, andou a famosa bebida de nome: PIROLITO.
O Pirolito-Bilas era uma garrafa engraçada com um gargalo cónico suficientemente largo para caber um berlinde e estrangulado logo de seguida, para que este não fosse para o interior da garrafa. No início do gargalo, existia uma pequena rolha em rede, de plástico, para evitar que engolíssemos o berlinde que após a longa espera, para beber a gasosa, era retirada com o dedo e assim, obtínhamos o tal momento de magia: o Bilas ou seja o berlinde do Pirolito.
Também existiam outras bebidas como a Laranjina C ou a Canada Dry mas para quem queria mostrar que tinha muitos “guelas” (outra gíria para berlinde) juntava uns tostões para comprar no Café do Sr. António, o Pirolito.

Quem quer jogar ao berlinde ?
Eu faço as covas.
Não podem é levar nenhum abafador.
Zeca

2 comentários:

jorge disse...

Que saudades... O meu filho ainda herdou muitos dos meus berlindes desse tempo, que eu guardei religiosamente, mas, que eu me lembre, nunca aprendeu a jogar! Temos que organizar um campeonato, para matar saudades, que isto é como andar de bicicleta. E o campo de jogos continua lá.

dzp disse...

Bem, o campo de jogos principal já não está propriamente lá uma vez que a terra deu lugar a passeio, infelizmente mas, existem outros campos para jogar.
zeca