24 de agosto de 2007

Futebol "Sarjeta"

É um nome um tanto ou pouco “sui generis”. No entanto, teoria à parte, houve um tempo em que este tipo de entretenimento fazia furor nos elementos masculinos dA Rua. Todos queriam jogar.
Foi um jogo inventado não se sabe bem por quem, mas derivou do facto de juntar a necessidade ao engenho. Somos uns idiotas.
As sarjetas faziam de balizas e a bola utilizada era uma de ténis.
As balizas ou melhor, as sarjetas, estavam entupidas com pedras, terra e outros, agora não relembrados.
De cada um dos lados da estrada, a Rua João Bastos, existiam sarjetas e estavam praticamente frente a frente o que permitia, desenhar uma linha ao longo da estrada, o meio campo, e formar as equipas. Cada equipa possicionava-se no seu campo, não sendo permitido passar o meio do campo e o jogador só podia chutar, rematar ou empurrar a bola com o pé, dando apenas um só toque na bola mas a mesma tinha que, em primeiro lugar bater no passeio da nossa baliza ou então imobilizar-se antes para evitar que os jogadores da equipa adversária impedissem o percurso da bola.
Junto algumas fotas do campo e das balizas.
zeca

3 comentários:

Luis disse...

Zeca, Gostei da tua memoria, Vou mostrar esta explicação ao Zé Maria e esperar a reação. depois conto-vos, ou não...

Lico

Luis disse...

O Zé Maria gostou, mas claro, fez perguntas... Como tiravam a bola da sarjeta? A Água estava suja não estava, pai? Ooops!!! Quem me ajuda?

Lico

Jorge Pereira disse...

É curioso que apesar de ser de uma geração anterior também joguei muitas vezes... Não sei se algum de vós o fez, mas por alturas do carnaval as sargetas eram espectaculares para colocarmos lá dentro as velhas bombinhas de carnaval...Era um estoiro impressionante...
JP